Posts com Tag ‘pink floyd’

 

Um dos maiores álbuns do Pink Floyd está completando 30 anos nesta segunda-feira. ‘The Wall’, lançado em 1979, foi aclamado por críticos e fãs e serviu de inspiração para muitos músicos do rock contemporâneo.

Um concerto de animais, em 1977, serviu de inspiração para Roger Waters criar o álbum. No Canadá, Waters estava sendo importunado por um fã e chegou a cuspir na cara dele. Indignado com o que tinha feito, teve a ideia de construir um muro entre ele e o público, o que gerou no futuro o tão elogiado disco.

O álbum é o 3º mais vendido de todos os tempos nos Estados Unidos e chegou ao topo da Billboard em 1980. Devido ao sucesso, ‘The Wall’ foi reeditado em CD em 1994 no Reino Unido e em 1997 no resto do mundo. Quando completou 20 anos, o álbum ganhou mais uma reedição.

Os leitores da revista Q Magazine elegeram ‘The Wall’ como o 65º melhor álbum de todos os tempos, em 1998, e em uma enquete em 2003, leitores da Rolling Stone o escolheram como o 87º.

O álbum retrata em ficção a vida de um anti-herói (Pink) que é espancado pela sociedade desde os primeiros dias de sua vida. Ele foi sufocado pela mãe, oprimido na escola, e por isso construiu um muro em sua consciência para isolá-lo da sociedade, e se refugiava em um mundo de fantasia.

Além de ‘The Wall’, Pink Floyd tem como seus principais álbuns ‘Dark Side of the Moon’ e ‘Wish You Were Here’.

 

Terra

A Banda Spectro (cover do Pink Floyd) irá nos propiciar mais uma noite de boa música.

spectrogroove

A banda Spectro realiza hoje ao lado dos convidados Ricardo Chaves, Nando Borges e Márcio Messeder um tributo ao Pink Floyd, às 20:30h no Teatro Jorge Amado. Os ingressos vão ser vendidos por R$30,00 e R$ 15,00, com direito a um DVD, gravado no último show da Spectro com a participação de Luis Caldas, Durval Lélys e Saulo Fernandes.  No evento os “pinkfloydianos” terão a oportunidade de reviver grandes clássicos do rock, como Money, Another brick in the wall, In the flesh, Breathe, Wish you were here e Comfortably Numb.

Possuidora de uma voz marcante, ao estilo Janis Joplin e de uma energia de palco sensacional, lembrando Robert Plant e Mike Jagger a cantora Dana Fuchs é muito mais que o rótulo: “a atriz que interpretou belamente a Saide em Across Of the Universe”.

Dana é uma artista ímpar, que se destaca entre os melhores nomes do Blues e do Rock. Os últimos álbuns lançados o “Lonely For A Lifetime” e “Dana Fuchs Live In NYC”, têm uma qualidade musical inegável, em todos sentidos, nas composições das letras, interpretação e nova roupagem de músicas de outros artistas e na parte instrumental.

Sem dúvidas… Vale a pena conferir e conhecer essa artista que veio para ficar.

Show da Banda Spectro