Artesanato consciente, transformando pneus velhos em móveis

Publicado: 05/12/2009 em Jornalismo
Tags:, , , , , , , ,

Funcionário público em horário comercial e artesão nos momentos de folga,  para Gilton Alves da Mota, ou simplesmente,  “Gilton das cadeiras”, um pneu usado e largado numa borracharia é sinônimo de arte, sendo matéria prima para a construção de cadeiras arrojadas e arranjos para flores. A fórmula da transformação parece ser simples, porém, trabalhosa. “Primeiro separo, uma serra, lixadeira, faca martelo e pregos, depois pego o aro do pneu, corto com uma lixadeira e divido em quatro partes, junto as duas e prendo com pregos. Com outro aro, coloco um trançado de borracha e faço um assento. Depois pego mais um aro e fixo em um suporte de madeira para fazer o encosto”. Após finalizar a estrutura da cadeira, “faço o acabamento e com uma faca vou cortando os excessos de borracha. Em seguida, lavo para deixá-la bem limpa, até ficar no ponto ideal para pintar com a cor desejada”, explica Gilton.

A ideia de fazer esse trabalho surgiu de um bom bate-papo com a colega Conceição, que percebendo a habilidade do amigo para o artesanato ofereceu algumas dicas e transmitiu os primeiros passos. “Há uns seis meses, ela me deu uma noção e logo comecei a fazer as cadeiras e vasos. Hoje, já estou com outros planos, estou elaborando sandálias e um sofá. Mas só conseguir, porque trabalhei com meu pai quando tinha treze anos na oficina dele, na época construía carros de madeira, candeeiros, cuscuzeiros e até aviãozinho, isso foi aumentando a habilidade para o artesanato”.

“Trabalhar com esse material é importante, pego um pneu que não será mais usado, que só serve de entulho e dou uma nova vida a ele, nesses dias achei dois e fiz uma cadeira. É bom para mim e para o meio ambiente”. Quando não encontra pneus jogados Gilton gasta, em média, R$30 por peça. “Para fazer uma cadeira utilizo dois pneus, a matéria prima não é cara, mas o trabalho é grande, por isso venho fixando um preço. A depender do estilo cobro R$ 100”. O trabalho de Gilton vem chamando atenção da região, segundo o artesão, a lista de encomendas vem crescendo e frequentemente  atrai muitas pessoas quando coloca as cadeiras pintadas na porta para secar. “Quando deixo secando sempre aparece alguém perguntando o preço e querendo comprar. Acabo de mandar treze cadeiras para Central e estou trabalhando agora em outra encomenda maior”.

Iniciativas de pequenos recicladores, como Gilton e das grandes empresas de reciclagem fazem a diferença. Com quatorze fábricas espalhadas no país, às indústrias pneumáticas fabricam por ano no Brasil cerca de 61,5 milhões de pneus. Os dados apresentados pela Associação Nacional das Indústrias pneumáticas podem ser vistos como um ótimo índice econômico, porém, além do consumo elevado influenciado pelas altas vendagens de veículos novos e usados, é preciso refletir, o que está sendo feito com os pneus desgastados, estimados em 30 milhões por ano, que se jogados na natureza demoram mais de 600 anos para se decompor. Com o objetivo de minimizar a degradação causada pela fabricação do pneu, foi desenvolvida uma técnica de recauchutagem, colocando novas camadas de borracha nos pneus antigos, a iniciativa garante o dobro de vida útil para a unidade, gerando uma economia de material prima em 80%. O Brasil ocupa a 2º posição no ranking mundial de recauchutagem.  Além dessa possibilidade, grandes empresas se especializaram na reciclagem dessa borracha, servindo para pavimentação, cobrir áreas de lazer e quadras esportivas, fabricar tapetes para automóveis, sapatos, sandálias, colas, adesivos, câmaras de ar, rodos domésticos, tiras para indústrias de estofados e buchas para eixos de caminhões e ônibus.

Se você se interessou pelo trabalho de Gilton das Cadeiras, entre em contato com o artesão: (74) 9997-1698

About these ads
Comentários
  1. Luci Mota disse:

    Amo artesanato e essas cadeiras são d+++,quero saber se vc vende para outro estado,porque sou de Mato grosso.
    Bjos
    me responda

    • gilton disse:

      luci gostei muito dos elogios do meu trabalho, sei que é muito interesante e tambem trabalhoso. respondendo sua pergunta se vendo para outro estado, vendo sim a depender do cliente pagar o frete naqui encontro caminhões que rodam pra essa região, e continuando a conversa vc tambem é mota será que é minha parente? Más se quiser mande me dizer que dárei um jeito de mandar quantas quiser. E desde já agradeço muito mesmo pelos elogios abraços.

      • Karen disse:

        Ola Gilton,

        Parebens pelo seu trabalho!

        Onde voce esta localizado, qual o nome da sua cidade?

  2. rosi disse:

    esses aro tem algum ferro para reforçar

  3. maria do carmo casas disse:

    parabens adoro artesanato tbm faço alguma coisa e achei sua ideia brilhante vc é um genio gostaria de saber como vc prega o assento trançado

  4. genivaldo disse:

    ola amigo gosto deste trabalho parabens ficou otimo

  5. Sabrina Cani disse:

    Parabéns! O mundo precisa de pessoas e ideias assim. Sucesso.

  6. LUCI A disse:

    parabens, ta ai uma obra de arte que faz bem pra saúde,(evitando fumaça ) ,e pra quem é amante de CARROS como EU .BOA sorte !!O PLANETA AGRADECE!!!!!!!!!BJOS AI MEU EMAIL !! diminuamecadadia@gmail.com,,me addiciona amei sua obra da sua mão que DEUS te ilumine,ass; LUCIANA

  7. boa noite meu amigo e presado parabens eu gosto muito deste trabalho efiquei muito interesado em suas cadeiras gostaria de obiter resposta de como poderia comprar as cadeiras e mesas que vc faz em sua casa eu moro em natal capital meu nome e jj cavalcanti e estou querendo investirem sua artesanato assim espero que vc me ofereça a oportunidade de ter a sua resposta muito obrigado um abraço jj cavalcanti .

  8. Andréia disse:

    Olá amei está cadeira! Gostaria de saber o preço da cadeira. Tenho interesse em comprá-la. Aguardo retorno. Obrigada, Andréia.
    Meu e-mail é andreiapmilani@hotmail.com.

  9. As pernas das cadeira tbém é de pneu? ela não fica mole ao sentar?

  10. Paulo disse:

    Boa noite!
    Gostei dos trabalhos com Pneus e preciso do endereço e telefone do sr. Gilson, obrigado
    Paulo Candido da Silva
    35 9105-7021
    Santa Rita do Sapucaí – mg

  11. hernan gonzalez disse:

    muy lindo tu trabajo,me encanta yo soy carpintero y estoy queriendo hacer una cadeira para mi queria una informacion si podes ayudarme estoy queriendo hacer un modelo diferentepero no consigo cortar o miolo do pneu, con que posso cortar un pneu aro 20?ya procure mucho y no puedo cortar ayudamepue amigo te voy a agradeser.

  12. MUITO BOM BUSCO FAZER ESTA ARTE COM JOVENS TERIA COMO EXPLICAR O PASSO A PASSO

  13. BERENICE TERESINHA BASSO disse:

    EU estou querendo fazer mesas e cadeiras , inclusive brinquedos para jardins com pneus. Que rebitador eu uso.

  14. moises pereira disse:

    gostei eu tanbem faso algumar loucuras asveses horas de folgas nota, dez

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s